Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente no player abaixo!


Entrega. Busca. Chegou. Horário. Prazo. Atrasado. Urgência. Demorar. Agora. Como não enlouquecer com estas palavras? Num século onde parece que o tempo diminuiu e as coisas que temos a fazer aumentaram, temos que saber lidar com o corre-corre sem aumentar a desorganização no  laboratório de prótese.

Um laboratório de prótese não está isento desta correria, muito pelo contrário. Gerenciar o entra e sai de trabalhos, cumprir prazos e manter a qualidade não é nada fácil! Se eu pudesse resumir a rotina de um laboratório em apenas uma palavra, esta seria “pesada”. Um laboratório tem uma rotina muito pesada e para manter tudo funcionando bem é preciso ter ordem.

Quem nunca se esqueceu de mandar um componente de volta para o consultório ao devolver o trabalho? Quem nunca perdeu um trabalho dentro do laboratório e passou um bom tempo procurando? Quem nunca recebeu a ligação de um dentista cobrando um trabalho que nem se lembrava que já tinha chegado a data da entrega?  Quem nunca se esqueceu de anotar um recado? Quem nunca terminou um trabalho bem em cima da hora da entrega?

Se você não se viu em nenhuma das situações, parabéns, você alcançou um ponto fora da curva. Mas, a chance de você ter se encaixado perfeitamente em alguma ou algumas destas situações, bem vindo ao grupo. Esta realidade é o que muitos protéticos têm vivido, e é algo que precisa mudar. Sabe por quê? Para te ajudar a organizar um panorama geral em sua mente, eu vou citar aqui alguns problemas que você tem (ou vai ter) se continuar levando as coisas para esse lado.

O prejuízo financeiro é mais que garantido

A falta de organização vai te fazer, antes de tudo, perder dinheiro. E não é só perder não, você também vai deixar de ganhar.

Você perde quando:

  • Não consegue organizar sua agenda de produção e acaba atrasando na entrega dos trabalhos;
  • Termina um trabalho na última hora e não entrega a qualidade esperada, o que pode gerar repetição ou em última instancia, a perda do cliente.
  • Não organiza suas coletas e entregas de forma que o motoboy (ou outro responsável por este trabalho) faz mais corridas que o necessário.

Você deixa de ganhar quando perde tempo resolvendo questões causadas pela desorganização e deixa de produzir.

Prejuízo profissional não é uma questão de escolha

O prejuízo profissional ocorre quando, a desorganização no  laboratório de prótese te impede de entregar o resultado desejado e acaba prejudicando a imagem do laboratório no mercado.

A desorganização no  laboratório de prótese também pode gerar Prejuízo pessoal

Quando você se desgasta muito pelo trabalho em excesso por não organizar da melhor forma a rotina do laboratório de forma que você trabalhe menos, ou durante menos tempo.

 Os prejuízos não param por aí! Eu citei apenas alguns para que eu e você possamos pensar se tem algo que precisa mudar dentro do laboratório. Se a resposta for positiva, eu vou te dar uma dica: tudo começa com a organização! Se o laboratório anda alinhado você terá clientes mais satisfeitos, o que melhora sua visibilidade de mercado, aumenta seus ganhos e te dá muito mais tranquilidade para trabalhar.

Para te ajudar nessa organização você pode fazer uso de tecnologias, como agendas online ou sistemas específicos de gestão para laboratórios. Isso vai tornar a sua vida muito mais fácil. É melhor ter tudo automatizado a um clique de distância reunidos em apenas uma máquina do que usar vários papéis com anotações importantes espalhados por todo o laboratório.

Estamos na era da tecnologia e precisamos usá-la ao nosso favor, não acha? Então comece hoje mesmo a colocar as coisas em ordem por aí! Assim você vai se desgastar menos, aumentar sua produtividade e consequentemente faturar mais!

Como está o seu laboratório? Conte para gente o que você fez ou pretende fazer para deixar seu laboratório mais organizado! Deixe seu comentário aqui em baixo. Vai ser muito bom poder dividir experiências com você!


Geraldo Alves
Geraldo Alves

Técnico em Prótese Dentária, Escultor, Empreendedor e Fundador do Instituto Cerâmica. Após criar saídas e soluções para os problemas entre o consultório e o laboratório, resolvi extrapolar as paredes do meu laboratório e ajudar a transformar a realidade de outros protéticos e laboratórios em todo o país.