Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente no player abaixo!


Qualquer instituição ou estabelecimento precisa ter uma compostura adequada para lidar com qualquer negociação. Sempre há aquele cliente que se torna um devedor e é essencial saber negociar sem constrangê-lo. Quem possui um laboratório de prótese não escapa disso.

Pode-se não perceber, mas nossas vidas e carreiras são afetadas com quem negociamos. Negociamos o tempo todo, tanto no trabalho como em nossas vidas pessoais. Alguns podem ver a negociação como uma situação de conquista ou perda, mas o resultado final precisa ser de ganho para ambos os lados.

Muitos profissionais que possuem um laboratório de prótese têm o costume de falar sobre seus produtos e serviços como a outra parte ouve, tornando o assunto um tanto desinteressante. Por isso, algumas regras precisam ser seguidas para beneficiar as duas partes.

Mostre o tom da negociação

A pessoa que fala primeiro define o tom do acordo. Não se preocupe com a última palavra, se preocupe em definir o tom. Suas observações iniciais precisam ser da forma mais natural possível. Lembre-se: você nunca terá uma segunda chance de fazer uma primeira impressão.

Saiba ouvir e perguntar

A pessoa que faz mais perguntas determina o conteúdo e a direção do acordo. Em um negócio, o inteligente é quem mais ouve. As perguntas mais idiotas são as que você não pede. A preparação é fundamental, por isso, pense em suas perguntas antes de negociar. Fazer perguntas significa que você se importa e escutar significa que você quer entender.

Não crie discussões

Nunca discuta. Ninguém ganha em uma discussão. As pessoas fazem coisas por suas razões e não pela sua. Ao negociar, é preciso declarar seu caso melhor do que eles. Se você quiser que as pessoas vejam o seu caminho, você deve primeiro vê-lo à sua maneira.

A pessoa que ouvir mais terá o maior efeito sobre o resultado da negociação. Ouça completamente, avalie e depois responda. Ao negociar, tenha em mente que há sempre um melhor negócio para todas as partes envolvidas. Lembre-se de que há uma enorme força na flexibilidade. Faça todas as negociações que você entrar em um momento produtivo e positivo.

Agregue valor ao seu serviço

Alguns profissionais que trabalham em laboratório de prótese ainda não sabem como agregar valor ao serviço que oferecem. Ao trabalhar na agregação de valor ao seu trabalho, o risco de haver discussões ou qualquer controvérsia sobre o valor oferecido é mínimo, pois o cliente vai notar o valor que seu trabalho tem em seu laboratório e pela qualidade que você oferece a ele. Considere encontrar maneiras significativas de agregar valor ao produto ou serviço a fim de não cortar preços.

Cobre o preço certo

Seja orgulhoso de seus preços. Nunca peça desculpas pelo que você cobra, porque o que você cobra diz muito sobre o que você entrega. Se você é um líder de qualidade, você começa a definir os seus preços. Se você não é, o mercado fixa o preço para o seu trabalho. O importante é não ter receio da negociação e não enfraquecê-la nem exagerá-la. Integridade, confiança e abertura são essenciais para resultados positivos.


Geraldo Alves
Geraldo Alves

Técnico em Prótese Dentária, Escultor, Empreendedor e Fundador do Instituto Cerâmica. Após criar saídas e soluções para os problemas entre o consultório e o laboratório, resolvi extrapolar as paredes do meu laboratório e ajudar a transformar a realidade de outros protéticos e laboratórios em todo o país.